Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP
 Domingo, 23 de Julho de 2017
Instituto Biológico
     
  Publicações  
     
  bulletArquivos do Instituto Biológico  
  bulletO Biológico  
  bulletPáginas do Instituto Biológico  
  bulletAnais da RIFIB  
  bulletBoletins Técnicos e Outras publicações  
  bulletComunicados Técnicos  
  bulletDocumentos Técnicos  
  bulletFolderes  
  bulletLivro: Bananicultura  
     
     
     
Home > Publicações > Comunicados técnicos > Percevejos de cama: uma praga reemergente
 
 
  Percevejos de cama: uma praga reemergente  
     
  Ana Eugênia de C. Campos, Edna C.Tucci, Francisco J. Zorzenon, João J. Junior, Marcos R. Potenza
Centro de P&D de Sanidade Vegetal, IB
Roberto Pereira
University of Florida, Gainesville, USA
Delsio Natal
Faculdade de Saúde Pública, USP, SP
 
 
Número 181 01/10/2012

 
     
 

Se você já teve ou está passando por problemas com percevejo de cama, clique aqui.

Se você for um controlador de pragas urbanas, participe dessa pesquisa sobre Percevejos de Cama, clique aqui.

Até a década de 1960, ainda se ouvia falar de percevejos de cama no Brasil. As pessoas viajavam, se hospedavam em hotéis simples e estalagens e sofriam com a coceira que os percevejos de cama provocavam com suas picadas.

Esse problema diminuiu com o uso de inseticidas clorados da época, principalmente o DDT, com alto poder residual, que era aplicado em locais infestados.

As infestações por percevejos de cama ficaram restritas a populações mais pobres, sendo encontrados principalmente nas favelas e presídios.

Hoje, essa praga é bem conhecida em alguns países da Europa, nos Estados Unidos e Austrália. Suas populações cresceram e são encontradas em todas as classes sociais nesses países. Brasileiros, em viagens ao exterior, podem ter tido contato com a praga, mas podem também ter trazido alguns insetos para casa.

Os percevejos de cama são encontrados em locais próximo de seu hospedeiro, o homem, o cão, o gato e até mesmo as aves. Podem ocorrer em residências, hotéis, cinemas, teatros e transportes coletivos, como ônibus, trens e metrôs. Cruzeiros marítimos e aviões também podem estar infestados.

Como reconhecer se existe uma infestação por percevejos de cama:
• Picadas que coçam e normalmente estão alinhadas;
• Manchas escuras e pequenas nos lençóis (fezes dos percevejos);
• Cheiro de percevejo “maria-fedida”.

Onde procurá-los:
• Nas dobras de colchões, cobertas, estrados e cabeceiras de cama, sofás, entre outros, próximos a locais de descanso.

Como reconhecer o percevejo de cama:
• São insetos sem asas, de corpo achatado, coloração marrom avermelhada, de 4 a 7 mm de comprimento (do tamanho de uma semente de maçã) e que têm o hábito de ficarem agrupados.

O que fazer diante de uma infestação de percevejos:
• Se puder, chame um controlador de pragas com experiência no controle de percevejos de cama;
• Faça aspiração com aspirador de pó em todas as frestas da cama, estrado, colchões, travesseiros ou qualquer outra superfície onde foram observados os insetos;
• Lave a roupa de cama e coloque em uma secadora de roupas até secarem. Se não tiver uma secadora, deixe as roupas ao sol pleno até secarem.

 
 
Picadas de percevejo de cama (Foto: Dept. Entomology – University of Florida)
 
Percevejo de cama (Foto: João Justi Junior)
 
Fezes e ovos de percevejo de cama (Foto: Dept. Entomology – University of Florida)
 
Percevejos de cama agregados e fezes de percevejo de cama (Foto: Dept. Entomology – University of Florida)
 

Página inicial Fale conosco Links Ouvidoria Mapa do site Intranet Webmail
 
  Instituto Biológico
Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1.252 - CEP 04014-900
Telefone: (11) 5087-1701 - São Paulo - SP - Brasil