Domingo, 23 de Novembro de 2014
Instituto Biológico
     
  Notícias  
     
  bullet2014  
  bullet2013  
  bullet2012  
  bullet2011  
  bullet2010  
  bullet2009  
  bullet2008  
  bullet2007  
  bullet2006  
     
  bulletBio In - Biológico Informa  

     
   
     
  Encontro discute mosca dos estábulos, associada à vinhaça da cana, que traz prejuízos ao pecuarista  
  Assessoria de Comunicação da APTA  
     
 

O Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, promove no dia 25 de maio na cidade de São Paulo, o “Encontro Técnico sobre Mosca dos Estábulos, Associada à Vinhaça no Cultivo da Cana-de-açúcar”. O objetivo do evento é trocar experiências técnicas com vistas ao melhor entendimento dos recentes surtos da mosca Stomoxys calcitrans, além de discutir e divulgar as formas de controle do inseto, identificar linhas de pesquisa nas diferentes áreas envolvidas e divulgar os produtos químicos registrados para o controle do parasita.

O encontro tem como público-alvo médicos veterinários, engenheiros agrônomos, pesquisadores, estudantes de graduação e de pós-graduação, além de produtores rurais e outros interessados no assunto.

Nos últimos dois anos, vem ocorrendo surtos populacionais da mosca S.calcitrans (mosca dos estábulos) no noroeste paulista e em outras regiões do Brasil, diz a pesquisadora Edna Tucci. O início da prática da fertiirrigação com vinhaça (subproduto da indústria alcooleira) na cultura da cana-de-açúcar criou um ambiente favorável ao desenvolvimento da mosca.

Nas regiões onde este método é utilizado, explica Tucci, começaram a surgir surtos, causando prejuízos aos pecuaristas. Este problema adquiriu grandes proporções devido às extensas e numerosas áreas destinadas ao cultivo da cana-de-açúcar no Estado de São Paulo.

Pelo fato de a mosca possuir uma picada dolorosa, conta a pesquisadora do IB, os animais ficam agitados, não se alimentam adequadamente, passam a maior parte do dia se movimentando e batendo os cascos no chão, além de se aglomerar na tentativa de se livrar do parasita. Ao lado dos danos diretos, a mosca pode atuar como transmissora de diversos agentes patogênicos.

Como este problema é recente, ainda não existem resultados de pesquisas para a elaboração de programas de controle, informa Tucci. Por isso, o IB vai realizar o evento com a presença dos principais pesquisadores da área de entomologia veterinária, visando diagnosticar o problema e reunir as informações técnicas existentes para recomendar soluções aos produtores. O encontro contará também com a participação da indústria química que apresentará os produtos existentes no mercado com indicação para o controle da mosca S.calcitrans.

Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail tucci@biologico.sp.gov.br.
Link: programação completa
Assessoria de Comunicação da APTA
José Venâncio de Resende
Eliane Cristina da Silva (estagiária)

 

Página inicial Fale conosco Ouvidoria Mapa do site Intranet Webmail
 
 
  Instituto Biológico
Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1.252 - CEP 04014-002
Telefone: (11) 5087-1701 - São Paulo - SP - Brasil